Início | Especial | Segurança nos termos da Lei

Especial

Segurança nos termos da Lei

Forcepoint

Publicado em 12/09/2018 às 16:21

As novas regras de privacidade e proteção de dados, e seus impactos nos negócios

Suportar o cumprimento de compliance a legislações locais e regulações setoriais, assim como a execução dos códigos de conduta, sempre foi um dos eixos da Forcepoint para proteção de negócios e pessoas. Incidentes de violação de dados críticos, como informações financeiras, ou cadastros de clientes dão prejuízo imediato e danos incalculáveis à reputação. Hoje, legislações como a GDPR (Regulação Geral de Proteção de Dados, da União Europeia) e a recém-aprovada Lei de Proteção de Dados brasileira apontam para penalidades, que vão de multas ao encerramento da operação, e responsabilização por vazamentos de dados.

Em função da urgência de implementar e demonstrar compliance, para a própria preservação do negócio, a Forcepoint tem buscado antecipar aos seus clientes os desafios e as soluções para continuar inovando, em uma economia de dados regulada, ética e segura.

Mais do que tecnologia, a Forcepoint propõe uma abordagem eficaz dos riscos aos clientes e à reputação, adequada à realidade das organizações. Com base na experiência com a GDPR, que afetou companhias em todo o mundo, os consultores também sistematizaram três dicas gerais de governança de dados, aplicáveis a outros frameworks legais e regulatórios.

A Forcepoint tem estudado os desdobramentos das regras de privacidade e proteção a dados pessoais em várias áreas, como os critérios e limites de monitoramento de funcionários em vários países.

Além das legislações relativas a dados pessoais definem novas regras diante do novo cenário de TI e serviços. No setor financeiro, altamente visado pela cibercrime e regulado pelas autoridades, normas como a resolução do Banco Central para instituições financeiras em nuvem estabelecem controles que permitam a inserção de competidores (como bancos digitais e fintechs), sem comprometer a segurança e estabilidade do sistema bancário.

A exigência de compliance, por seu impacto nos negócios, deixa de ser uma questão exclusiva do gestor de segurança e reforça a necessidade de uma boa interlocução com as áreas de RH, Jurídico, Marketing e todos que lidam com dados críticos.

 

Acompanhe o blog da Forcepoint Brasil e veja como a segurança centrada no fator humano responde às inquietações em sua organização.

 

voltar

Titulo: Segurança nos termos da Lei

Destinatário(s)
Seus dados
Código de Validação:*
(*) Preencha o código de validação corretamente.

Titulo: Segurança nos termos da Lei

Mensagem de Erro

Esta é a área central para comunicação entre revendas, distribuidores e fabricantes com a equipe da PartnerSales.
Incentivamos as mensagens de nossos leitores com sugestões de pautas, críticas, elogios ou reclamações.

Seus dados
Código de Validação:*
(*) Preencha o código de validação corretamente.

© Copyright PartnerSales - O site focado em parcerias de negócios e estratégias de vendas. Todos os direitos reservados. Outros nomes de companhias, produtos e serviços podem ser marcas registradas ou marcas de serviços de outros.

Sydow Marketing